Mais da metade dos orelhões do Brasil desaparecerá.

Segundo decisão da Anatel. Sob justificativa de que os telefones são pouco utilizados e não geram receita que os banque, a agência decidiu eliminar 461,3 mil unidades - 60% dos 763 mil existentes.


A gerente de universalização da Anatel, Karla Crossara, disse ao Convergência Digital que 81% dos orelhões realizam até quatro chamadas diárias, em média, por um tempo total de quatro minutos, o que corrobora a tese de que as pessoas estão deixando os telefones públicos para trás - afinal, são 120 minutos por mês.

Só que a agência ignora que os celulares, apontados como culpados por essa situação, também não têm muito uso na função telefone. Em média, as pessoas fazem 128 minutos por mês de chamadas usando os aparelhos.

O grande problema é que o valor arrecadado com as ligações não paga a manutenção dos orelhões. Segundo a gerente da Anatel, em 2012 a queda das receitas com os aparelhos chegou a 90%.

Fonte: Olhar Digital

Ele é Blogueiro, Designer gráfico e Palestrante... Auditório, ele é bom ou não é?!?!?

COMPARTILHAR

POSTAGENS RELACIONADAS

Próxima
« Voltar
Anterior
Próxima »
A reprodução do conteúdo deste blog é permitida e incentivada, desde que citada e linkada a sua fonte.
Todas as postagens aqui são linkadas.