Empresa ganha primeiro milhão vendendo anúncio em saco de pão


O empreendedor Wagner Rover viu uma oportunidade de negócio num item banal, porém, muito presente no dia a dia das pessoas: o saco de pão. Publicitário por formação, ele se questionava porque ninguém ainda tinha explorado o potencial de um meio capaz de levar uma mensagem para dentro das casas dos consumidores e com alto tempo de exposição.


Em 2009, mesmo com a esposa grávida do segundo filho, deixou o cargo de gerente de marketing de uma grande fabricante de computadores brasileira para apostar no próprio negócio.

Depois de elaborar um estudo de mercado, levantando potenciais fornecedores, clientes e agências de propaganda interessadas, ele lançou, em junho de 2010, a AZ Direct, empresa curitibana de propaganda em mídia direta.

As embalagens são distribuídas de graça para as padarias e o lucro da empresa provém, exclusivamente, da venda de anúncios.

Inicialmente, Rover não apostou todas as fichas na venda de espaços publicitários em sacos de pão. “Era muito arriscado focar em um único produto, pois, se não desse certo, a empresa fecharia. Então, oferecemos também anúncios em cabides de lavanderia, caixas de pizza, sacolas de farmácias e de lojas de conveniência, entre outros”, diz.

Sacos de pão deram tanto retorno que ganharam empresa exclusiva

A empresa vende o anúncio, cuida da elaboração e produção do material e faz a distribuição aos estabelecimentos parceiros.

“Antes de completar um ano de mercado, em dezembro de 2011, a AZ Direct já havia faturado R$ 1 milhão. O produto que mais se destacou foi o saco de pão, representando 99% do faturamento. Vi que era uma grande oportunidade e, em 2011, criei a DivulgaPão”, declara.

A segunda empresa, especializada na comercialização de anúncios em sacos de pão, possui um modelo de negócios diferente da AZ Direct. Por meio de microfranquias com investimento a partir de R$ 8 mil, a DivulgaPão está presente em todas as regiões do Brasil, atendendo áreas com mais de 80 mil habitantes.

Pequenos negócios locais são os principais anunciantes

Rover diz que os maiores clientes da DivulgaPão são micro e pequenas empresas locais que querem anunciar na sua região de atuação.

“Sabemos que os pequenos estabelecimentos têm pouco dinheiro para investir em publicidade e, quando o fazem, querem atingir o seu público direto. Por isso, orientamos o franqueado a separar a região por áreas de 100 mil habitantes, aproximadamente. Assim, o anunciante sabe quem vai receber sua mensagem”, diz.

A embalagem é dividida em 32 espaços publicitários de diferentes tamanhos e seus preços variam entre R$ 550 o menor e R$ 12 mil para ser anunciante único. A tiragem é de 30 mil unidades. O franqueado faz a seleção das padarias da região e elas passam a receber gratuitamente os sacos.

“É uma parceria positiva para ambos, pois garante a circulação da publicidade e reduz custos para o estabelecimento”, afirma Rover. Além disso, as embalagens são coloridas, permitindo a impressão de fotos e ilustrações, e ambientalmente corretas, pois são feitas com matéria-prima biodegradável.

No primeiro ano de atividade, de agosto a dezembro, a DivulgaPão contabilizou faturamento de R$ 500 mil. A previsão para 2012 é chegar a R$ 1,5 milhão. São mais de 30 franquias no país, com faturamento médio de R$ 12 mil, e que apostam nos pequenos estabelecimentos locais como anunciantes.

Paralelamente, o empresário mantém a AZ Direct, que oferece outras opções de mídias para anúncios, e tem foco de atuação nas capitais e vendas de espaços para grandes clientes, como Claro, Coca-Cola e Net.

Ele é Blogueiro, Designer gráfico e Palestrante... Auditório, ele é bom ou não é?!?!?

COMPARTILHAR

POSTAGENS RELACIONADAS

Próxima
« Voltar
Anterior
Próxima »

1 Deixe seu comentário!:

Write Deixe seu comentário!
A reprodução do conteúdo deste blog é permitida e incentivada, desde que citada e linkada a sua fonte.
Todas as postagens aqui são linkadas.