"Titia" Monique Evans, deputada?



Monique Evans sempre foi conhecida por sua personalidade forte e por não ter vergonha de dizer o que pensa. A ex-modelo, que já foi repórter e participou de duas edições de um reality show, agora será candidata ao cargo de deputada estadual pelo PSL (Partido Social Liberal) no Rio de Janeiro.

Daqui dois anos pretendo me candidatar pelo PSL”, confirmou Monique ao Portal da Band. Porém, segundo ela, o objetivo é estudar nesses dois anos que faltam para a candidatura. “Não vou entrar na política para ser um fantoche”, afirmou.

A ex-modelo também comentou sobre seus objetivos como deputada, sobre preconceito e o carisma que tem com os fãs.


Como surgiu o convite para se candidatar à deputada?
O PSL me ligou, me chamou para uma reunião e eu fui. Expus o que eu penso como pessoa, deixei claro meu jeito de pensar e pedi tempo para me preparar.

Você vota em São Paulo atualmente. Porque preferiu tentar uma candidatura no Rio?
Eu já pensava em morar no Rio. Estou preparando a minha mudança e também vou mudar meu título de eleitor, que é de Santana do Parnaíba, para a minha cidade natal.

Você já recebeu outros convites para se filiar a algum partido?
Sim. Inclusive recebi a proposta para me candidatar para vereador por outra legenda. Mas não quis. Vou me preparar para 2014.

A partir de quando você pretende começar a estudar?
Depois do Carnaval pretendo ficar mais próxima do PSL, interagir com o partido, aprender mais e participar de projetos que tenham a ver comigo.

Saiu na mídia que você trabalharia pelas mulheres, gays e cristãos. Você pretende focar nesses grupos?
Isso tudo que saiu é uma bobagem. Ainda não sei sobre propostas e focos do trabalho como deputada. Sei que esses grupos são os que mais me seguem, que gostam do meu trabalho, que eu tenho carisma. Acredito que as pessoas que me conhecem e sabem que eu sou verdadeira, que nunca me corrompi, podem me apoiar sempre.

Como você acha que será sua relação com os atuais políticos, caso eleita?
Eu tenho uma personalidade forte, ninguém me convence facilmente. Acho que a população deve começar a escolher novos políticos. Vemos os mesmos, todos os anos.

Qual seria o seu discurso?
Não gosto do discurso “eu prometo”. Quero mostrar para as pessoas que apenas um pode fazer uma grande diferença já.  As pessoas falam muito em educação, que é preciso mais educação. Mas, para mim, a educação vai além de ler e escrever. Desde a gentileza de levantar para um idoso sentar, de aprender sobre sexo na escola.

Você teme sofrer preconceito por ser famosa?
Sempre sofri preconceito na minha vida. Então eu não estou nem ai. Só que eu quero que saibam que eu sou uma pessoa instruída, falo inglês, francês, espanhol. Não sou um fantoche.

Por fim, você acredita que esses dois anos são suficientes para você se preparar?
Acredito que sim. Quero estar ali, dentro do partido, engajada, e sabendo mais sobre o que é a política. Não estou muito preocupada com a campanha ainda. Se eu for eleita, ótimo. Que máximo!

Ele é Blogueiro, Designer gráfico e Palestrante... Auditório, ele é bom ou não é?!?!?

COMPARTILHAR

POSTAGENS RELACIONADAS

Próxima
« Voltar
Anterior
Próxima »
A reprodução do conteúdo deste blog é permitida e incentivada, desde que citada e linkada a sua fonte.
Todas as postagens aqui são linkadas.